Home  / Notícias   /  

Notícias

22 de junho de 2021

A partir de julho de 2022, bombas de combustível fabricadas no Brasil deverão ter assinatura digital

Prazo foi estendido em um ano, para que a indústria se adapte aos novos requisitos técnicos de software e hardware

A partir de 1º de julho de 2022, todas as bombas de combustível fabricadas no Brasil deverão contar com assinatura digital das medições. O novo prazo foi estabelecido pela Portaria nº 264/2021, publicada no dia 16.

Também foram estabelecidos requisitos complementares de software e hardware para os instrumentos, além do que já estava determinado na Portaria nº 559/2016. “Foi preciso estender esse prazo para adequação dos fabricantes, por mais que a indústria já estivesse se movimentando neste sentido”, explica o chefe da Divisão de Gestão Técnica (DGTEC) da Diretoria de Metrologia Legal (Dimel) do Inmetro, Bruno Couto.

É importante salientar que 30 de junho de 2022 é o prazo final para fabricantes comercializarem bombas de modelo aprovado de acordo com o regulamento anterior. Os fabricantes, porém, poderão vender bombas novas antes desse prazo, conforme a sua capacidade de desenvolvimento.

 

Fonte: www.gov.br/casacivil/Com informações do Inmetro